Curiosidades

10 maiores serial killers do mundo

maiores serial killers do mundo

Nesse artigo, eu vou te contar quais são e foram os maiores serial killers do mundo, seus modus operandis e como estão nos dias atuais.

Alguns deles tomaram os noticiários das TV’s locais na época em que praticavam crimes, outros agiam silenciosamente. Sem mais delongas, vamos para a lista de maiores serial killers do mundo.

Os 10 maiores serial killers do mundo

  • Luis Garavito

10 maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

O primeiro aqui da lista de maiores serial killers do mundo é Conhecido como “La Bestia”, ele é um assassino em série de nacionalidade colombiana. Em 1999 admitiu ter estuprado e assassinado 140 crianças. O número de suas vítimas é baseado na localização de ossadas que foram listadas num mapa desenhado pelo próprio assassino, este número pode superar 300 vítimas.

Ele foi descrito pela imprensa local como “o maior assassino em série do planeta” em virtude de seu número de vítimas

  • Pedro Alonso Lopez

10 maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

O segundo na lista de maiores serial killers do mundo é acusado de ter matado e estuprado mais de 300 pessoas em três países. Lopez ficou conhecido como o “Monstro dos Andes” em 1980, quando ele levou a polícia aos túmulos de 53 das suas vítimas, no Equador. Eram todas as meninas entre nove e doze anos de idade.

Depois, em 1983, ele foi declarado culpado de assassinar 110 jovens no Equador e confessou ter efetuado mais de 240 assassinatos de moças dadas por desaparecidas nos vizinhos Peru e Colômbia.

  • Samuel Little

10 maiores serial killers do mundo

Foto: Wikimedia Commons

Foi um estuprador e assassino em série (serial killer) dos Estados Unidos que matou ao menos sessenta mulheres entre os anos de 1970 a 2005. O número, no entanto, pode passar de 90, após confissões feitas pelo criminoso na prisão.

É considerado pelo FBI “o maior assassino em série dos EUA”. Foi preso definitivamente em 2012, aos 72 anos, e condenado à prisão perpétua, sem direito à liberdade condicional, pela morte de três mulheres.

Samuel figura entre as primeiras posições no ranking de maiores serial killers do mundo.

  • Daniel Barbosa

10 maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

Foi um assassino em série psicopata, nascido na Colômbia. Acredita-se que ele estuprou e assassinou mais de 150 meninas na Colômbia e Equador durante os anos 1970 e 1980.Daniel selecionava meninas jovens, indefesas e pobres para fazer a aproximação, fingindo ser um estrangeiro que precisava encontrar um pastor protestante numa igreja distante do centro da cidade.

Ele explicava que necessitava entregar uma grande quantidade de dinheiro, que mostrava como prova, e oferecia uma recompensa a quem pudesse ajudá-lo.

  • Pedro Rodrigues Filho ( Pedrinho Matador)

10 maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

É considerado o maior assassino em série do Brasil, tendo oficialmente sido condenado a mais de 400 anos de prisão por matar mais de 100 pessoas. No entanto, ele alega ter matado mais de 100. “Ele gosta de reforçar sua fama contando outras histórias, muitas das quais não se sabe ao certo se aconteceram ou não”, escreveu a Época.

Pedrinho está em liberdade desde 2018, após ficar preso por 42 anos. É o brasileiro que aparece na lista de maiores serial killers do mundo.

  • Javed Iqbal

10 maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

Foi um serial killer paquistanês que foi considerado culpado de abuso sexual e assassinato de 100 crianças. Em dezembro de 1999, Iqbal enviou uma carta para a polícia e para editor chefe Khawar Naeem Hashmi do jornal de Lahore, confessando o assassinato de 100 rapazes, todos com idades entre os 6 e os 16 anos.

Na carta, ele indicou que estrangulou e desmembrou as vítimas – a sua maioria fugitivos e órfãos, vivendo nas ruas de Lahore – e livrou-se dos corpos usando barris de ácido clorídrico. Deixou os restos num rio local.

Na sua casa, polícia e jornalistas encontraram manchas de sangue nas paredes e no chão com a corrente com que Iqbal dizia ter estrangulado as suas vítimas e ainda fotografias de suas várias vítimas em sacos de plástico.

Javed é mais um que entra na lista de maiores serial killers do mundo.

  • Gary Ridgway

10 maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

Conhecido como Green River Killer, é um assassino em série americano. Ele foi inicialmente condenado por 48 casos de assassinato. Para evitar a pena de morte, confessou mais de 70 homicídios, embora, quando condenado, foi sentenciado por 49 assassinatos, o que o torna o segundo assassino em série mais prolífico da história dos Estados Unidos em termos de mortes confirmadas.

Suas vítimas eram todas mulheres, muitas adolescentes, no estado de Washington, entre as décadas de 1980 e 1990 e, por isso, está na lista de maiores serial killers do mundo.

  • Yang Xinhai

maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

Foi um assassino em série chinês que confessou que havia cometido 65 assassinatos entre 1999 e 2003 e foi sentenciado a morte e executado por 67. Nos meios de comunicação, costumava ser conhecido como “Monstro assassino”.  Os assassinatos de Yang tiveram lugar entre 1999 e 2003 nas províncias de Anhui, Hebei, Henan e Shandong.

Quando chegava a noite entrava à casa de sua vítima, e matava todos os que a ocupavam – principalmente granjeiros – com machados, martelos e pás, às vezes matou famílias inteiras. Em outubro de 2002, Yang matou um pai e uma menina de seis anos com uma pá e violou uma mulher grávida que sobreviveu com graves lesões na cabeça. O assassino está nos rankings de maiores serial killers do mundo.

Em 1 de fevereiro de 2004, Yang foi declarado culpado de 67 assassinatos e 23 violações e sentenciado à Pena de Morte. Foi executado em 14 de fevereiro de 2004 com um tiro na nuca.

  • Andrei Chikatilo

maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

Foi um assassino em série soviético, de origem ucraniana, conhecido como Açougueiro de Rostov, O Estripador Vermelho e O Estripador de Rostov. Se tornou notório por confessar o assassinato de 53 pessoas entre 1978 e 1990. durante anos Andrei Chikatilo matou e canibalizou dezenas de vítimas, em sua maioria crianças, que ele encontrava em estações de ônibus ou trens.

Detido certa vez para averiguações, foi libertado logo depois, quando ficou comprovada a incompatibilidade entre seu sangue e o sêmen encontrado nas vítimas. Algo raro, mas possível de ocorrer. Isso só fez com que Chikatilo passasse a agir com mais despreocupação.

Sua prisão só foi possível graças a determinação de dois investigadores, envolvidos com sua primeira detenção, que lembraram de seu nome depois que foi visto saindo de um bosque próximo a uma estação de trens, algo compatível com os locais onde as vítimas eram escolhidas e depois abandonadas.

  • Anatoly Onoprienko

maiores serial killers do mundo

Foto: Reprodução/Internet

Foi um estudante de guarda florestal e assassino em série ucraniano. Foi conhecido como Besta da Ucrânia, Terminator e Cidadão Ou. Após a polícia o prender em 16 de abril de 1996, Onoprienko confessou ter matado 52 pessoas entre 1989 e 1996.

O modus operandi do assassino era entrar na casa pouco antes do amanhecer, reunia os habitantes e matava os homens com uma arma de fogo e as mulheres e os meninos com uma faca, um machado ou um martelo. Depois, prendia fogo à casa e se alguém tinha a má sorte de cruzar em seu caminho, também terminava morto. Inclusive matou em seu berço um bebé de três meses, asfixiando-o com uma almofada. 

O artigo sobre os maiores serial killers do mundo levou 3 horas e 42 minutos para ficar pronto. Enviar para um amigo que gostaria de saber leva menos de 5 segundos 🙂

LEIA TAMBÉM: 10 pessoas mais ricas do mundo em 2022

Recomendamos para Você:
Curiosidades

10 maiores cachoeiras do Brasil

Curiosidades

Curiosidades sobre o Metallica pouco conhecidas

Curiosidades

5 lugares mais perigosos do mundo

DestaqueCuriosidades

5 maiores rodovias do Brasil

Sign up for our Newsletter and
stay informed

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.